Geral

Outras cidades, estados e países na FEIPET

data 04/05/2016
Outras cidades, estados e países na FEIPET

A 4ª edição da FEIPET recebeu visitantes de diversos lugares do Rio Grande do Sul, de vários estados do Brasil e também pessoas vindas de outros países. Estiveram visitando a feira profissionais do Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e, em especial, da Argentina.

O casal Adriana Oswald e Marcos Arnhold veio de Oberá, Misiones – Argentina, especialmente para a FEIPET. Eles ficaram sabendo da feira através do Facebook e decidiram conhecer a maior feira de negócios pet da região Sul. No Brasil já participaram de outros eventos para médicos veterinários e tosadores, porém nenhum tão próximo do país de origem.

Adriana é tosadora há 13 anos e veio em busca de novidades para seus clientes. Ela participou de todas as programações do Espaço Grooming – destinado para tosadores, banhistas e esteticistas pet – e elogiou as apresentações, em especial dos groomers Flávio Fernandes e Alex Amorim, representantes da Elite de Groomers IBASA, e do Especialista Kyklon, Clayton Muniz.

No mercado medvet há bastante tempo, Marcos é médico veterinário e possui uma clínica veterinária super completa na cidade de Oberá, onde atende os pequenos animais, realiza ecografias, raio X, exames de urina e algumas cirurgias. Ele participou do 2º Simpósio Sul Brasileiro de Medicina Veterinária Pet e destacou a qualidade do evento. Acostumado a ir a eventos dentro do território argentino, Marcos comentou que as capacitações brasileiras apresentam os temas de maneira mais profunda e detalhada. O destaque, segundo ele, ficou por conta do minicurso ministrado pela médica veterinária Fernanda Amorim sobre “Doença do trato urinário inferior felino”.

O casal gostou muito da feira e pretende voltar nos próximos anos para realizar boas negociações, assim como nesta edição. Marcos comentou sobre a grande dificuldade argentina no desenvolvimento do mercado para animais de estimação. Ele destacou que o país ainda possui uma economia muito fechada, impossibilitando bons acordos com o exterior e também o desempenho interno, limitando o consumo dos tutores devido à inflação e outras restrições

A FEIPET se anima muito com todos os visitantes e mais ainda com esses casos especiais! Todos os profissionais serão sempre muito bem vindos. Os amigos “hermanos” já se comprometeram em voltar e você, já está aguardando a edição 2017 da feira?!