Geral

Coleiras: qual a ideal para o seu pet?

data 16/01/2017
Coleiras: qual a ideal para o seu pet?

Os produtos, na maioria das vezes, chamam a atenção do consumidor por sua estética, porém esta característica não é a mais importante quando é preciso comprar uma coleira, guia ou peitoral para o animal de estimação. Os itens mais importantes a serem considerados são idade e porte do pet, tamanho, segurança e resistência do produto e conforto para o animal.

Confira os principais produtos comercializados hoje em dia:

Coleira tradicional

Normalmente fechada por fivelas de ferro ou plástico, a coleira tradicional é indicada para quase todos os tipos de raças e porte de cães. É considerada a melhor opção para o passeio e deve ser ajustada da maneira correta no pescoço do animal, com dois dedos de folga – não pode ultrapassar isso para não facilitar a fuga do animal. As mais recomendadas para passear são as feitas de nylon, os outros materiais são indicados para a identificação no dia-a-dia.

Guias

As mais indicadas são as guias de algodão, corda, couro ou nylon. A guia deve ser leve e resistente, mas o tutor também deve verificar se o produto é compatível com o tamanho do cachorro. Para permitir uma maior movimentação do animal, recomenda-se o uso de uma guia longa de 10 metros.

Peitoral

Coleiras: qual a ideal para o seu pet?

16 de Janeiro de 2017

Os produtos, na maioria das vezes, chamam a atenção do consumidor por sua estética, porém esta característica não é a mais importante quando é preciso comprar uma coleira, guia ou peitoral para o animal de estimação. Os itens mais importantes a serem considerados são idade e porte do pet, tamanho, segurança e resistência do produto e conforto para o animal.

Confira os principais produtos comercializados hoje em dia:

Coleira tradicional

Normalmente fechada por fivelas de ferro ou plástico, a coleira tradicional é indicada para quase todos os tipos de raças e porte de cães. É considerada a melhor opção para o passeio e deve ser ajustada da maneira correta no pescoço do animal, com dois dedos de folga – não pode ultrapassar isso para não facilitar a fuga do animal. As mais recomendadas para passear são as feitas de nylon, os outros materiais são indicados para a identificação no dia-a-dia.

Guias

As mais indicadas são as guias de algodão, corda, couro ou nylon. A guia deve ser leve e resistente, mas o tutor também deve verificar se o produto é compatível com o tamanho do cachorro. Para permitir uma maior movimentação do animal, recomenda-se o uso de uma guia longa de 10 metros.

Peitoral

A coleira peitoral é muito indicada para cães pequenos e médios, para raças com pele sensível e que possuem pouca massa muscular no pescoço. A desvantagem é que esse acessório facilita que o cachorro puxe durante o passeio.

Headcollar

O headcollar é indicado para os tutores que não conseguem conduzir o cão com uma coleira simples, principalmente se o animal for de porte grande ou gigante. Esse acessório é uma coleira que envolve a cabeça e o focinho do cão, tornando a condução mais fácil, mas sem machucar e nem enforcar o animal de estimação.

A FEIPET sempre traz novos expositores para surpreender e satisfazer os visitantes com produtos diferenciados. Este ano uma das estreantes é a Mundial Pet, que oferece variedade entre coleiras para cães e gatos, peitorais, guias e roupinhas. É beleza alinhada à qualidade! Você, profissional, lembre-se de visitar o estande da Mundial Pet na 5ª edição da feira.

Fonte: Clube para cachorros